Artigos

Estudo – O decreto do Senhor

Texto Principal:Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei.” (Salmos 2.7 – AA)

Decreto: Uma ordem emanada de uma autoridade superior que determina o cumprimento de uma resolução.

INTRODUÇÃO

Existe um decreto de Deus para mim e para você. Um decreto para toda e qualquer área da nossa vida. Um decreto real, que não pode ser mudado. Quando buscamos a revelação e temos a direção da Palavra de Deus para nossa vida, recebemos o decreto do Senhor. Esse decreto sempre estará de acordo com a Bíblia Sagrada. Uma vez que recebemos a direção (o decreto do Senhor), cabe a cada um de nós com fé, tal como fez Abrão, que mesmo depois de velho, vendo já o seu corpo amortecido, bem como o corpo de Sara amortecido, não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, antes se fortaleceu glorificando ao Senhor.

Porquanto procede da fé o ser herdeiro, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a descendência, não somente à que é da lei, mas também à que é da fé que teve Abraão, o qual é pai de todos nós. (como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí) perante aquele no qual creu, a saber, Deus, que vivifica os mortos, e chama as coisas que não são, como se já fossem. O qual, em esperança, creu contra a esperança, para que se tornasse pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência; e sem se enfraquecer na fé, considerou o seu próprio corpo já amortecido (pois tinha quase cem anos), e o amortecimento do ventre de Sara; contudo, à vista da promessa de Deus, não vacilou por incredulidade, antes foi fortalecido na fé, dando glória a Deus, e estando certíssimo de que o que Deus tinha prometido, também era poderoso para o fazer. Pelo que também isso lhe foi imputado como justiça. Ora, não é só por causa dele que está escrito que lhe foi imputado; mas também por causa de nós a quem há de ser imputado, a nós os que cremos naquele que dos mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor; o qual foi entregue por causa das nossas transgressões, e ressuscitado para a nossa justificação.” (Romanos 4.16-25 – AA)

Quando ficamos firmes nas promessas, nos decretos que o Senhor nos dá, inicia-se algo nos céus e inunda a Terra. Anjos trabalham a nosso favor. Anjos são ministros de Deus a nosso favor.

Mas a qual dos anjos disse jamais: Assenta-te à minha direita até que eu ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés? Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação?” (Hebreus 1.13-14 – AA)

Em Hebreus 1.14 diz que os anjos estão aqui para nos servir, mas, quando eles começam a trabalhar? Quando recebemos os decretos da parte de Deus.

Bendizei ao Senhor, vós anjos seus, poderosos em força, que cumpris as suas ordens, obedecendo à voz da sua palavra! Bendizei ao Senhor, vós todos os seus exércitos, vós ministros seus, que executais a sua vontade! Bendizei ao Senhor, vós todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio! Bendizei, ó minha alma ao Senhor!” (Salmos 103.20-22 – AA)

Uma vez que você recebe o decreto do Senhor os anjos vão trabalhar a seu favor, porém, você precisa confessar, declarar, falar, proclamar o decreto até que o mesmo se cumpra. PROCLAMAREI O DECRETO DO SENHOR.

Você se lembra de algo que Deus falou a seu respeito? Pois, então, proclame, proclame o decreto do Senhor.

Amo todos vocês e proclamo que Deus tem uma grande obra por meio da Igreja e o anjos já estão trabalhando a nosso favor. Temos o favor de Deus. Deus abençoe a todos e todas.

TEXTOS ADICIONAIS

Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.” (Josué 1.8 – AA)

Por Pastor Antônio Cirilo
Líder do Ministério de Louvor Santa Geração, compositor e músico. Contatos: assessoriasg@hotmail.com / @prantoniocirilo / @SG_Oficial

Você é precioso(a) para Deus! Acesse nosso site: www.santageracao.com.br

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>