Adoração é sacrifício

28 de fevereiro de 2011

Quero compartilhar com você alguma coisa sobre a adoração ao Deus Todo Poderoso, criador dos confins da terra e dos lugares mais inexplorados dos céus. Se há uma palavra com a qual podemos definir a adoração, tal palavra é SACRIFÍCIO. Repita em voz alta: SACRIFÍCIO.

Sacrifício significa dar a Deus algo que nos custa alguém ou alguma coisa. Ele é uma demonstração, uma forma de materializar a nossa fé, nossa perseverança. Quando Araúna ofereceu ao rei Davi os bois, a lenha para oferecer sacrifício ao Senhor afim de parar a praga que estava assolando o seu povo, ele não aceitou e explicou o porque: “não posso oferecer ao Senhor algo que não tenha me custado nada (2 Samuel 24:16-24). O melhor dia para ir ao ajuntamento do povo de Deus para adorá-lo é aquele em você olha e diz: “hoje está difícil, hoje eu não poderia…” A melhor oferta é aquela em que você sabe que está te custando alguma coisa: O Senhor é digno, Aleluia! As vezes abrir de relacionamentos errados por causa do temor do Senhor é muito doloroso, mas, o Senhor é Santo, Aleluia!

Gênesis 22:1-19 “Depois dessas coisas, pôs Deus Abraão à prova…

Quando Deus te chama para adorá-lo, para sacrificar a Ele, acredite em mim, o teu caráter, ou seja, a tua fé, a tua perseverança estarão sendo provados.

…pôs Deus Abraão à prova e lhe disse: Abraão! Este lhe respondeu: Eis-me aqui! 2 Acrescentou Deus: Toma teu filho, teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; oferece-o ali em holocausto, sobre um dos montes, que eu te mostrarei. 3 Levantou- se, pois, Abraão de madrugada e, tendo preparado o seu jumento, tomou consigo dois dos seus servos e a Isaque, seu filho; rachou lenha para o holocausto e foi para o lugar que Deus lhe havia indicado…

Deus indica como, quando e de que forma Ele deseja ser adorado, porém, cabe ao adorador prover-se do suprimento material necessário para a adoração.

4 Ao terceiro dia, erguendo Abraão os olhos, viu o lugar de longe. 5 Então, disse a seus servos: Esperai aqui, com o jumento; eu e o rapaz iremos até lá e, havendo adorado, voltaremos para junto de vós…

É tremendo quando cremos nos propósitos de Deus. Deus havia prometido a Abrão, que Isaque, e não Ismael, seria o seu herdeiro e que a partir dele surgiria uma grande nação (Gênesis 17). Isaque nasce através de um grande milagre e, quando adolescente Deus o pede em sacrifício. Isto nos fala algumas coisas:

1. Isaque não pertencia a Abraão, visto que, se não por um grande milagre ele nem mesmo existiria;

2. Os anos foram passando e Abraão foi se apegando a Isaque… “o filho a quem amas”… a ponto de pensar que o mesmo lhe pertencesse, mesmo sabendo que ele existia por causa de um milagre, por causa de um propósito, por causa de Deus. Muitas vezes isto acontece conosco, principalmente concernente ao ministério. Deus nos dá algo para fazer para Ele e, com o tempo confundimos as coisas e pensamos que aquilo nos pertence.

3. Abraão creu que o propósito de Deus para Isaque era maior que a própria morte. Se ele morrer, dizia ele, Deus o ressuscitará. A fé levada ao extremo.

6 Tomou Abraão a lenha do holocausto e a colocou sobre Isaque, seu filho; ele, porém, levava nas mãos o fogo e o cutelo. Assim, caminhavam ambos juntos. 7 Quando Isaque disse a Abraão, seu pai: Meu pai! Respondeu Abraão: Eis-me aqui, meu filho! Perguntou- lhe Isaque: Eis o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? 8 Respondeu Abraão: Deus proverá para si, meu filho, o cordeiro para o holocausto; e seguiam ambos juntos. 9 Chegaram ao lugar que Deus lhe havia designado; ali edificou Abraão um   altar, sobre ele dispôs a lenha, amarrou Isaque, seu filho, e o deitou no altar, em cima da lenha; 10 e, estendendo a mão, tomou o cutelo para imolar o filho. 11 Mas do céu lhe bradou o Anjo do SENHOR: Abraão! Abraão! Ele respondeu: Eis-me aqui!  12 Então, lhe disse: Não estendas a mão sobre o rapaz e nada lhe faças; pois agora sei que temes a Deus, porquanto não me negaste o filho, o teu único filho.…

“Agora sei que temes a Deus…” A nossa fé sempre será levada ao nível da prova. Por mais que você “sinta” que ama a Deus, esse amor sempre será conduzido para ser provado. O seu temor a Deus sempre será provado. Espere por isto, passe bem pelo processo, seja provado, seja aprovado, receba sua coroa. Coroa não é uma recompensa. Ela representa autoridade para reinar em nome de Deus.

…pois agora sei que temes a Deus, porquanto não me negaste o filho, o teu único filho. 13 Tendo Abraão erguido os olhos, viu atrás de si um carneiro preso pelos chifres entre os arbustos; tomou Abraão o carneiro e o ofereceu em holocausto, em lugar de seu filho. 14 E pôs Abraão por nome àquele lugar—O SENHOR Proverá. Daí dizer-se até ao dia de hoje: No monte do SENHOR se proverá. 15 Então, do céu bradou pela segunda vez o Anjo do SENHOR a Abraão 16 e disse: Jurei, por mim mesmo, diz o SENHOR, porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho, 17que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos, 18 nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz. 19 Então, voltou Abraão aos seus servos, e, juntos, foram para Berseba, onde fixou residência.”

Ou, seja, Deus já havia abençoado a Abraão (Gênesis 17), mas, para que a bênção, a promessa de Deus fosse de fato estabelecida Ele precisava provar a fé e a perseverança de Abraão. A fé foi provada na circuncisão, que equivale ao batismo nas águas hoje (Colossenses 2:11,12). A perseverança foi provada no sacrifício de Isaque. A promessa de Deus para nossas vidas somente será materializada a medida em que o nosso sacrifício, nossa adoração a Ele, em função disso for materializada.

Hoje, a morte do nosso Senhor Jesus Cristo garantiu o nosso livre acesso a presença de Deus. Entremos, pois, em Sua presença com sacrifícios, com adoração. (Salmos 50:5)

Espero que estas simples palavras sirvam para sua edificação pessoal. Lembrando que toda palavra para surtir efeito necessita ser levada para as vias de fato, para a prática. Existem áreas em tua vida sobre as quais Deus já tem requerido de ti algum sacrifício. Procure identificá-las e, meu querido, minha querida, faça o que é preciso fazer. Há uma coroa, uma posição de autoridade esperando por você.


Publicado por às 6:58 pm




Comentários

Fábrica Imaginária